Skip Ribbon Commands Skip to main content
Sanofi
Share This

Ivomec® Injetável

ivomec

Endectocida injetável clássico, à base de ivermectina MERIAL a 1%, indicado para o tratamento e controle dos principais parasitos internos (estágios adultos e imaturos de vermes redondos gastrintestinais e pulmonar) e externos dos bovinos (berne, carrapato, piolhos sugadores, ácaros das sarnas psoróptica e sarcóptica), ovinos (estágios adultos e imaturos de vermes redondos gastrintestinas e pulmonares; ácaros da sarna psoróptica, sarcóptica e psorergates ovis; todos os estágios parasitários do "Bicho da Cabeça" - Oestrus ovis) e suínos (estágios adultos e imaturos dos vermes redondos gastrintestinais e pulmonares; estágios adultos e imaturos do verme redondo da gordura peri-renal - Stephanurus dentatus - ácaros da sarna sarcóptica, piolho). Ivomec® Injetável também é indicado na prevenção do desenvolvimento da bicheira causada por larvas de Cochliomyia hominivorax, auxilia no controle do piolho mastigador Bovicola (Damalinia) bovis e do ácaro causador da sarna corióptica em bovinos.
A ivermectina age especialmente nos canais de cloro controlados pelo ácido glutâmico e secundariamente naqueles canais de cloro controlados pelo GABA (ácido gama-aminobutírico), ocasionando um aumento no fluxo destes íons nas sinapses nervosas em vermes redondos e na placa ou no botão neuromuscular em artrópodes. Conseqüentemente há hiperpolarização das membranas nervosas, ocasionando paralisia flácida, morte e eliminação dos parasitos.
A ivermectina MERIAL é uma das moléculas mais testadas e aprovadas no mercado veterinário mundial, com mais de 3.000 trabalhos científicos publicados e mais de 6 bilhões de doses comercializadas pelo mundo; uma garantia ímpar de qualidade.
Por ser um produto sistêmico, a eficácia máxima de Ivomec® Injetável sobre o carrapato dos bovinos ocorre a partir de 4 a 5 dias após a aplicação.

Apresentação

Frascos de 50, 200, 500 e 1.000 mL, com solução pronta para uso.

Modo de Usar

Bovinos e Ovinos: aplicar por meio de injeção subcutânea na dose de 1 mL para cada 50 kg de peso vivo, o que proporciona a administração de 200 mcg/kg de peso vivo de ivermectina MERIAL.
Em ovinos, no tratamento da sarna psoróptica, recomenda-se administrar duas doses com intervalo de 7 dias.

Suínos: aplicar por injeção subcutânea na dose de 1 mL para cada 33 kg de peso vivo. Em leitões jovens, abaixo de 16 kg de peso vivo, recomenda-se o emprego de doses precisas por meio de seringas calibradas a cada 0,1 mL.
A dose indicada para suínos proporciona a dosagem de 300 mcg/kg de peso vivo de ivermectina MERIAL.

Período de Carência

Abates:
- Bovinos: não abater os animais dentro do período de 35 dias após o último tratamento.
- Ovinos: 28 dias após o último tratamento.
- Suínos: 18 dias após o último tratamento.

Leite: Não usar o produto em vacas leiteiras produzindo leite para o consumo humano.

Prazo de Validade

5 anos após a data de fabricação.

Advertências
  • Não deve ser administrado em vacas leiteiras que produzam leite para o consumo humano.
  • Embalagens vazias devem ser destruídas por incineração e nunca reaproveitadas ou lavadas em rios ou açudes.
  • Evitar fumar ou alimentar-se durante o manuseio.
  • Lavar as mãos após o manuseio.
  • Manter este e outros medicamentos fora do alcance de crianças e animais domésticos.

 

Características
  • Amplo espectro. Combate simultaneamente os principais parasitos internos e externos dos bovinos.
  • Combate formas adultas e imaturas dos principais parasitos.
  • Seguro para animais de qualquer idade, sexo e fêmeas prenhes.
  • Seguro para quem o aplica.
  • Produto da empresa líder do mercado veterinário no Brasil.
  • É o endectocida mais consagrado do Mercado Veterinário mundial, sendo o Líder da categoria. Ivomec® é registrado e comercializado em mais de 60 países e tem mais de 6 bilhões de doses aplicadas.
  • Único à base de Ivermectina MERIAL com qualidade assegurada.
  • Indicado também para ovinos e suínos.Em suínos pode ser utilizado em programa de controle e/ou erradicação da sarna sarcóptica . Um médico veterinário especialista em sanidade suína deve ser consultado.

Benefícios
  • Economia de mão-de-obra, com menor número de manejos para o controle dos principais parasitos internos e externos dos bovinos, ovinos e suínos.
  • Maior produtividade.
  • Pode ser empregado em todos os animais do rebanho, quando num programa de tratamento.
  • Maior Lucro com relação Custo/Benefício positiva.
  • Sem reações adversas para o animal.
  • Padrão mundial de qualidade.
  • Confiabilidade.
  • Conveniência.
  • Flexibilidade de uso.

©2014