Skip Ribbon Commands Skip to main content
Share This

Pneumequine

Prevenção da rinopneumonite dos equinos nas formas respiratória, nervosa, abortiva e neonatal.

CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS
Vacina inativada, oleosa, produzida com a cepa Kentucky do herpesvírus equino tipo 1 (EHV 1);

- Cada dose de vacina induz um título mínimo de 1/20 no soro de cobaios vacinados.
Eficácia e segurança na prevenção das 4 formas de rinopneumonite dos equinos:

- respiratória (proteção cruzada contra o EHV 4)
- nervosa
- abortiva
- neonatal
Antígeno concentrado e purificado sob a forma de glicoproteínas virais (subunidades virais). - Maior proteção com mais segurança.
- menos reações locais ou alérgicas pós-vacinais.
Revacinação anual, com uma dose única durante a gestação. - Facilidade no manejo de éguas prenhes.
Caixa contendo 10 seringas individuais, com 24 meses de validade. - Facilidade na aplicação.
- sem risco de contaminação.
- transmissão de doenças.
Produto importado, produzido nos Laboratórios Merial da França. - Tranquilidade para o produtor.
- segurança para o plantel.

Modo de usar

Aplicar 1 ml de Pneumequine® por via intramuscular na tábua do pescoço dos equinos. A primovacinação é feita com duas doses aplicadas com um mês de intervalo. Aplicar a terceira dose 6 meses após e revacinar anualmente com dose única. Em caso de ameaça de surto, aconselha-se uma revacinação de todo a tropa.

A primeira dose é aplicada normalmente aos 4 meses de idade em potros filhos de éguas vacinadas e aos 2 meses de idade em potros filhos de éguas não vacinadas.

Em éguas reprodutoras, recomenda-se fazer a primovacinação antes da primeira monta. O reforço deve ser feito 6 meses a 1 ano, no máximo, após a última dose, de preferência no início da segunda metade da gestação.

Quando não for possível fazer a primovacinação das éguas reprodutoras antes da primeira monta, aplicar três doses de Pneumequine® no 3°, 5° e 7° mês de gestação. Em caso de prenhez de mais de 3 meses, utilizar 3 doses com 4 a 6 semanas de intervalo.

Recomendações

  • Agitar o frasco antes de usar.
  • Conservar em temperatura entre 2ºC e 8ºC.
  • Não congelar.
  • Não vacinar animais doentes ou estressados.
  • Evitar a vacinação das fêmeas na semana precedente ou nos 21 dias após a cobertura.
  • Não aplicar na garupa.
  • Respeitar as condições habituais de assepsia na aplicação.

Experimentos de campo

Experimentos de campo

Resposta sorológica de equinos vacinados com Pneumequine®

Material e Métodos

  • Animais: 25 cavalos de várias raças e idades, a maioria com anticorpos contra EHV1.
  • Local: Paris (Guarda Republicana).
  • Tratamentos: duas doses de Pneumequine® aplicadas com 7 semanas de intervalo. Os títulos em anticorpos soroneutralizantes para EHV1 foram determinados nos dias das vacinações e 4 semanas após a segunda dose.

Anticorpos de equinos vacinados com Pneumequine®


 ​

©2017