Skip Ribbon Commands Skip to main content
Share This

Controle

Introdução Controle Ação Diferenciais e Vantagens Administração
Gallivac®
Gallivac®

Como nós controlamos coccidiose em frangos

A Coccidiose aviária geralmente é controlada pela inclusão de agentes anticoccidianos na ração. Muitos destes compostos são menos efetivos no controle da coccidiose hoje do que quando foram lançados. A principal razão para isto é a resistência adquirida pelos coccídios.

A vacinação é a alternativa ideal e prática no controle da coccidiose em frangos. Induz imunidade ativa de longa duração através da ingestão de oocistos vivos esporulados de linhas atenuadas das três espécies de Eimeria economicamente importantes.

Imunidade Contra Coccidiose Aviária


Imunidade Contra Coccidiose Aviária Imunidade Contra Coccidiose Aviária

 Imunidade completa ideal - Quando não há excreção de oocistos e não há desenvolvimento de coccídios nos raspados da mucosa intestinal - esta é uma condição muito rara na prática, embora seja a ideal.

 Imunidade Clínica - Aves clinicamente saudáveis com crescimento e conversão alimentar normal, mas com oocistos nas fezes e desenvolvimento de coccídios nos raspados da mucosa intestinal - protege contra coccidiose clínica.

 Imunidade Insuficiente - Aves alimentadas com agentes anticoccidianos que suprimem os coccídios e não permitem o desenvolvimento de imunidade - perigo de surtos de coccidiose após retirada dos anticoccidianos.

Imunidade desenvolvida após vacinação com Livacox T alterna entre imunidade clínica, completa e é mantida permanentemente através da ingestão da cama do aviário contendo oocistos atenuados de Livacox T, excluindo aaspm o risco de surtos com coccidiose.

​​
 

©2017