Skip Ribbon Commands Skip to main content
Share This

Gallimune SE+ST





Vacina bivalente, inovadora e altamente imunogênica

A Gallimune Se+St é uma vacina bivalente inativada contra Salmonella Enteritidis (SE) e Salmonella Typhimurium (ST). A vacina é indicada para aves produtoras de ovos no controle e na prevenção da salmonelose aviária.
A vacinação das aves com Gallimune Se+St durante o período de recria estimula a produção de altos níveis de anticorpos, que reduz a taxa de excreção fecal (SE e ST) e a transmissão transovariana (SE) no período de produção de ovos.

Gallimune
​​

A Gallimune Se+St é a primeira vacina inativada da Merial contra salmonelose produzida através de um novo conceito na produção de vacinas inativadas: Fermentação Controlada de Nutrientes. Esse processo de cultivo permite obter elevadas concentrações bacterianas sem o uso de métodos mecânicos como a centrifugação ou a microfiltração. Graças a esta inovação, as bactérias não são estruturalmente danificadas, conservando a sua imunogenicidade.

As bactérias geradas por esse método mantêm o formato típico de bastonete e a expressão antigênica original, enquanto no método convencional de produção, os processos mecânicos podem alterar profundamente a morfologia dos antígenos flagelares e promover a liberação de lipopolissacarídeos (LPS) pela lise da parede celular das bactérias.

A nova vacina foi formulada com dose concentrada (0,3 ml). O menor volume de vacina aliado à redução da endotoxina dos LPS livres amenizam a intensidade das reações pós-vacinais e a probabilidade de choque endotoxêmico.

Para a produção da Gallimune® Se+St, são utilizados meios de cultura sintéticos sem peptonas de origem animal ou vegetal, eliminando-se o risco de contaminações exógenas.

Enteridis CultivoEnteridis Nutrientes

Imagens de microscopia eletrônica de varredura mostrando culturas de S. Enteritidis obtidas com método tradicional de cultivo (esquerda) e com fermentação controlada de nutrientes (direita). Neste último, a morfologia das bactérias e a expressão antigênica permanecem intactas.

Programa Imunoprofilático

O programa de vacinação recomendado para a Gallimune Se+St contempla duas doses de vacina na fase de recria, com intervalo entre elas de 8 a 10 semanas: a primeira dose deve ser administrada a partir de 6 semanas de idade e a segunda dose no mínimo duas semanas antes do início da produção.

Pode-se também optar pelo uso da vacina Gallimune Se+St na revacinação de aves pré-imunizadas com vacinas vivas de salmonela em granjas onde o uso é permitido.

Trabalhos científicos têm demonstrado que a associação de vacinas vivas e inativadas melhora os resultados de proteção contra os antígenos vacinais e aumenta o espectro da ação contra outros sorovares de salmonelas do grupo B, C2 e C1 (S. Heidelberg, S. Hadar, S. Infantis e S. Virchow).

Próximo

​​​​​

©2017